Alopécia Areata: Condição capilar de Jada Smith que motivou a agressão de Will Smith a Chris Rock nos Óscares

A noite dos Óscares foi marcada pela agressão de Will Smith a Chris Rock.

Esta agressão aconteceu enquanto Chris Rock apresentava a cerimónia fazendo comentários humorísticos a algumas celebridades presentes. Quando um dos comentários foi dirigido à esposa de Will Smith, acerca das semelhanças que a mesma tinha com a atriz do filme “G.I Jane – Até ao limite”, foi notório o desconforto da mesma. Este comentário levou a que Will Smith agredisse Chris Rock em direto no palco da cerimónia dos Óscares.

O desconforto de Jada Smith vem associado à sua condição de saúde, denominada Alopécia Areata.

A alopécia caracteriza-se pela perda gradual e acentuada de cabelo, que pode ser definitiva ou reversível. Existem vários tipos de alopécias e afetam ambos os sexos.

No caso de Jada, a alopécia areata é um tipo de doença autoimune na qual o próprio organismo ataca a unidade folicular como sendo um corpo estranho , levando a queda do cabelo e impedindo o crescimento do mesmo.

Este tipo de alopécia é desencadeada por diversos fatores, nomeadamente, factores de stress, fatores psicológicos e também pode estar associada aos défices de vitamina B12, entre outros.

O diagnóstico é realizado por um médico especialista através da observação e de exames complementares. Após o diagnóstico estabelecido existem diferentes possibilidades de tratamentos, que dependem de pessoa para pessoa.

O tratamento pode consistir na aplicação tópica, oral ou injetável de corticoídes assim como de champôs ou cremes apropriados ao tipo de alopécia.

A alopécia areata é uma doença que tem um grande impacto na vida das pessoas, principalmente a nível psicológico. Existem casos em que há regressão da condição, havendo uma recuperação do cabelo. No entanto, na maioria dos casos, esta recuperação é seguida de uma recaída, tendo novamente queda acentuada de cabelo, caracterizada por peladas.

A visualização desta condição por parte da própria pessoa que sofre da doença pode ser muito devastadora, levando à perda de auto-estima. O acompanhamento por parte de médicos especializados e psicólogos é importante, na medida em que, irá ajudar a pessoa a encarar esta condição de uma forma mais tranquila, diminuindo os fatores de stress que podem desencadear uma recaída.

Em suma, é crucial mantermo-nos informados acerca do que é a alopécia e do impacto que esta condição tem na vida das pessoas que a sofrem bem como das pessoas que as rodeiam.